sábado, fevereiro 24, 2007

A COBAIA (Cartaz/Maquete)





P.S. Peça e Cartaz registados com Direitos de Autor sobre Duarte Barrilaro Ruas

O GANCHO DA SALVAÇÃO....

PALAVRAS....IMAGENS....LISBOA (centro) 2007






As palavras são um instrumento ao mesmo tempo poderoso e certeiro mas limitado para tanto que se quer dizer, que se sente. Tenho sentido que algumas futuras histórias serão acompanhadas por fotografias do meu telemóvel Nokia 6170. Em jeito de complemento ou mesmo o cerne da questão em si mesma:o assunto da fotografia!
Duarte Barrilaro Ruas

domingo, fevereiro 18, 2007

O ÚLTIMO ELO DE LIGAÇÃO DA HUMANIDADE

Paredes sombreadas pela penúmbra dos dias. Sigo por atalhos, já que a estrada principal está obstruída. A minha única insegurança advém do muito mau estado em que se encontra a minha bússola....

A diferença entre um traje usado e sujo e um semi-novo e limpo, que é o que domina hoje em dia....
Mas tudo muda apenas perante a morte! Ou seja: A única coisa que une a Humanidade actualmente é a diferença entre a vida e a morte traduzida nas premissas: saúde ou doença!
Fronteira esta que é o ténue elo de ligação da Humanidade entre si....infelizmente.

Dias longos estes estranhos dias de meio do Inverno deste ano....

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Transilvânia


Fim de Tarde. Acendem-se as luzes. Acendem-se os caloríferos e aquecem-se os interiores....
Ao longe, uma silhueta estranha e meia corcunda, de bengala, pessoa imponente sem ser trôpega. Humilde mas sem ser hipócrita. Nada de resignação. Olhar imaginativo sem ser pensativo. Um vulto do dia-a-dia a fazer todo o sentido neste cair de noite. 2 segundos de troca de olhar com mútua admiração. Como se nos conhecêssemos. Como se fôssemos do mesmo Bairro. O Chiado....o Bairro Alto....Fica aqui um "frame" de imagem a compor a ida para casa.

quinta-feira, fevereiro 15, 2007

O TEMPO....

Palermo....


Palermo, 1990, andava eu de Canon em punho a fotografar em sobreposição, várias coisas à minha volta. Deparei-me com um estranho barco. Deveras excêntrico, de tal maneira que me pus a fotografá-lo com árduo vigor. Súbitamente, sou agarrado por trás por 3 indivíduos que me transportam ao interior do Barco de Roda dentada em riste. Passo porta de aço, atrás de porta...umas fecham-se, outras não...aumenta o suspense e deparo-me com vários "mafiosi" de pistola e metralhadora em punho com um "Chefe" a uma escrivaninha, eu sentado à frente dele e a reclamar a inocência de um rapaz novo, impulsivo e irreverente, mas um humilde actor de uma Companhia de Teatro-Dança Italiana, argumento que resultou em pleno, tendo saído de lá sem 2 rolos de película mas com a vida e 200.000 Liras pelos respectivos filmes. Parece um episódio insólito de uma película de um filme de acção e policial. Passou-se em 1990. Se fosse hoje, os escrúpulos são agora outros, estaria já morto. Tenho a certeza. Acabou a elegância dentro da classe criminosa.

P.S. Palermo e Bombaim são as 2 cidades do Mundo onde há mais refinação de heroína. Eu desconhecia esse facto, na altura. Safei-me!

AGENTE SECRETO


Regresso ao Bemformoso por alguns minutos. Um toxico-dependente tem a seringa totalmente pendurada do antebraço....enquanto neste êxtase de loucura ignora o objecto, a dor e o sangue que se esvái... e muito tranquilamente.... joga "Sudoku", de uma revista de entretenimento encontrada nas Ruas. Ridículo ou grotesco. Não sei o que dizer....

quarta-feira, fevereiro 14, 2007

O SOLDADO DESCONHECIDO....






Independentemente da "Farda" ou do "Posto", somos todos um pouco todos os dias, nem que seja por alguns instantes, O SOLDADO DESCONHECIDO.

P.S. Aquele que morreu em combate, mas que ninguém sabe o nome. Pode nem existir corpo. É tudo simbólico. Pode parecer triste mas não é. É tão bom andar na batalha da vida, saboreando estes sabores e cheirando estes cheiros todos os dias diferentes, e os iguais, para nos dar referências...os sítios e as ocasiões. A força de alguns dias...aqueles especiais...


quinta-feira, fevereiro 08, 2007

ESTILO E ELEGÂNCIA...

No comments...
(anónimo do Sec. XVIII)

1989/90 "Durante a construção da Muralha da China", Franz Kafka
Compagnia di Giorgio Barberio Corsetti

Muitas histórias irão ser contadas acerca dos ensaios (6 meses numa aldeia);10 actores de 7 nacionalidades;Digressão Mundial, etc...u know w'ore i mean

sexta-feira, fevereiro 02, 2007

Homenagem ao Sr. Manel, ilustre mal educado empregado de mesa do mítico: "ESTÁDIO", ali ao cimo do Elevador da Glória, início de noite para tantos no princípio dos anos 80...Palmas para este belo personagem da "velha" Lisboa à noite...