sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Transilvânia


Fim de Tarde. Acendem-se as luzes. Acendem-se os caloríferos e aquecem-se os interiores....
Ao longe, uma silhueta estranha e meia corcunda, de bengala, pessoa imponente sem ser trôpega. Humilde mas sem ser hipócrita. Nada de resignação. Olhar imaginativo sem ser pensativo. Um vulto do dia-a-dia a fazer todo o sentido neste cair de noite. 2 segundos de troca de olhar com mútua admiração. Como se nos conhecêssemos. Como se fôssemos do mesmo Bairro. O Chiado....o Bairro Alto....Fica aqui um "frame" de imagem a compor a ida para casa.