quinta-feira, fevereiro 21, 2008

THE ANTI-GRAVITACIONAL MAN

“O homem anti-gravitacional” é uma aventura solitária acerca de uma viagem psicadélica exploratória ao Arquivo de Deus. Através da ingestão de diversas drogas e poções mágicas, este homem irá conseguir flutuar através do espaço e do tempo, e introduzir-se sub-repticiamente no interior do Arquivo do próprio Deus, enquanto entidade criadora do Mundo e gestor dos acontecimentos, e irá tentar mudar factos passados e originar outros no futuro, numa perspectiva temporal não linear.

Cenicamente, este homem vai ter ao seu dispor 5 portas (de vidro) de entrada no Arquivo, que simbolizam 5 elementos: Terra, Fogo, Vento, Água e Ar, espaço este constituído por 3 paredes anguladas em relação ao espectador, onde serão projectados vídeos alusivos a cada um dos 5 elementos e que constituem a génese do Arquivo de Deus.

Ao centro do espaço existirá um baloiço constituído por uma longa tábua equilibrada num eixo rotativo central, e que permitirá subidas e descidas vertiginosas a este personagem/viajante espacio-temporal, entre outras acrobacias. Cada vez que entrar numa das diferentes portas, o espaço cénico mudará através do vídeo e da música, elementos importantíssimos de diálogo e interacção com este personagem, entrando num espaço específico determinado (elemento). Muitas das imagens vídeo projectadas serão as do próprio personagem/protagonista transfigurado, com as quais ele se irá confrontar: as suas próprias caras, figuras e mutações da sua personalidade fragmentada. Teremos então 5 portas que nos abrirão para 5 espaços diversos, onde este homem terá oportunidade de se confrontar com os diferentes Guardiães de cada espaço do Arquivo e onde se envolverá em diálogos, lutas, danças, feitiçarias e actos invocatórios, entre outros, com os diferentes habitantes (monstros, etc.) e Deuses do Ar, da Terra, do Fogo, da Água e do Vento.

Depois da aventura, e frustrada a tentativa do homem de se encontrar directa e pessoalmente com Deus, ser-lhe-á dada à escolha ser um dos Guardiães de um dos espaços do Arquivo. Este recusa e o espectáculo termina com a sua morte e aniquilação, por parte do próprio Deus, que o incorpora num dos seus 5 elementos, terminando assim esta sua viagem sem regresso.

É meu desejo enquanto actor/performer e criador, apresentar um elaboradíssimo espectáculo, associando inúmeras linguagens artísticas, nomeadamente o teatro, a dança (coreografia), o vídeo e o cinema num espectáculo inovador, dominado pela manipulação cibernética da fusão homem-máquina através das novas tecnologias.

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

O HOMEM ANTI-GRAVITACIONAL NA ZDB



Mais um Apoio de Criação a Projectos de Residência artística atribuído a Duarte Barrilaro Ruas, pela GDA-Gestão Dos Direitos dos Artistas para a Galeria Zé Dos Bois para 2008. Palavras para quê....Venham mais apoios!

domingo, fevereiro 03, 2008

O HOMEM ANTI-GRAVITACIONAL







A Companhia de Teatro Anatómico prepara actualmente o espectáculo de Duarte Barrilaro Ruas:
O HOMEM ANTI-GRAVITACIONAL , escrito a partir de três textos da Academia Francesa de Ciências de 1911 de Emile Faguet, intitulados:"Os 10 Mandamentos de Deus","Os 10 Mandamentos do Amor de si mesmo" e "Os 10 Mandamentos da Velhice".